RSS

Boliche com a Mariana

Neste sábado a noite, fomos com a Mariana em um boliche aqui perto de casa. Na verdade tem o nome de boliche, mas é um pouco diferente. A concepção de jogar a bola em uma pista para acertar os pinos é a mesma, mas as bolas são menores e só tem cinco pinos. A bola menor foi até bom para a primeira vez dela. Ela tentou varias maneiras de lanças a bola até achar um jeito que se sentiu confortável e fez ‘strike’. Ela tentou balançando a bola como um bebê e jogando, sentada com as pernas cruzadas e empurrando, deitada de barriga para baixo e empurrando e finalmente resolveu sair correndo e jogar a bola…. deu certo. Como eu e o Welby as vezes conseguíamos fazer ‘strike’ e ela não conseguia, ela já não estava mais querendo jogar, mas quando acertou, ficou toda empolgada. Já perguntou quando vamos voltar lá.boliche_mariana

Beijo, Macela

Anúncios
 
 

Tags:

Esquiando!?

Essa semana eu e o Welby retornamos as aulas. Antes resolvemos aprender esquiar. Já estamos quase voltando para o BR e estava faltando isso no nosso curriculo. A Mariana já sabe um pouquinho, no primeiro dia já esquiou sozinha. Dessa vez fomos só eu e ele para Grouse Mountain. Parece fácil, mas é difícil, e cansa! Posso dizer que depois de duas horas de aula nós já estávamos conseguindo descer e fazer curva …. hahahaha Acho que depois de umas três aulas me saia melhor. Vamos ver se vai dar tempo.esquiando_1esquiando_2

Beijo, Macela

 
 

Tags:

Voltando para Vancouver

Terminamos nossa viajem pela costa oeste dos Estados Unidos na semana passada. Foram 24 dias maravilhosos. Conhecemos muita coisa e curtimos muito. Tiramos tantas fotos que era difícil escolher para colocar nos nove ‘posts’ que escrevi. Agora vou contar a parte final. A volta de Las Vegas para Vancouver. Foram um pouco mais de 2.000km, e levamos 3 dias e meio. Saimos de Las Vegas dia 26 no começo da tarde. Primeiro, pegamos a US93, uma estrada de mão dupla que passa ao lado do Desert Wildlife Range. A paisagem é incrível. Quando começou a escurecer já vimos neve perto da estrada, mas logo chegamos em Ely. A primeira cidade depois de 390km. Quando chegamos, sábado às 19h, achei que a cidade era fantasma. Não víamos ninguém! Ela é pequena e a rua principal lembra a rua do filme Carros (1). Procuramos um hotel (tem vários), e resolvemos comer em uma pizzaria que fica na rua principal. Quando chegamos, às 20:30, a pizzaria estava fechando, mas a dona, acho que ficou com pena de nós três com cara de cachorro com fome olhando pelo vidro, que deixou a gente entrar. Voltamos andando para o hotel e não encontramos ninguem. As vezes passava um carro… No dia seguinte quando acordamos já estava nevando. Demos uma passeada pela rua principal, tomamos café da manhã em um restaurante local e pegamos a estrada novamente. Poucos quilômetros depois a neve começo a aumentar, aumentar,… não conseguíamos enxergar nada. O Welby deixou um caminhão passar e ficamos seguindo ele. A velocidade não passava dos 45km/h. Aventura total! Fomos nessa estrada até Twin Falls. Durante o percurso o clima foi mudando e a neve foi acabando. Em Twin Falls estava sol e demos uma parada para ver o cânion que tem na cidade, mas o vento do lado de fora estava congelando que só o Welby resolveu sair. A partir dai pegamos a US84, que é duplicada e paramos em Nampa para dormir. Quando acordamos estava nevando de novo, mas a estrada estava tranquila. Até chegarmos em um lugar em que haviam aviso de neve na estada e os caminhoneiros começaram a botar corrente na roda. Depois do que tínhamos passado no dia anterior, achávamos que nada podia ser pior e que os caminhoneiros estavam até exagerando. Nada! A mesma coisa, só que agora a estrada era duplicada e por ter um tráfego maior de carros tinham vários caminhões tirando a neve da estrada, mas parecia que não dava conta. Alguns quilômetros depois, não víamos nenhum pingo de neve. E foi assim até chegarmos em Portland. Dormimos em Portland e tiramos o dia para fazer umas comprinhas, depois rumo a Vancouver. Chegamos de madrugada, cansados e felizes por estarmos em casa. Por melhor que seja o hotel, nada melhor que a nossa cama.casacasa_2casa_3

Cadê a estrada que estava aqui?!?!?!casa_4

No começo conseguíamos ver a vegetação, mas ela foi sumindo até não dá para ver mais nada!casa_5casa_6casa_7casa_9

Mapa final da nossa viajem.

mapa

Posts da viajem: Saindo de férias…San FranciscoNapa ValleyPela Hwy-1….Los AngelesDisneylandSan Diego e Las Vegas « Família W2M.

Beijo, Macela

 
 

Tags: ,

Las Vegas

Depois de 520 km e sair do estado da Califórnia para o de Nevada, chegamos em Las Vegas. As estradas são boas e foi tranquilo. Quando passa a fronteira dos estados já percebemos a diferença: tem logo vários cassinos. Chegamos cansados e fomos direto para o hotel. Nessa nossa viajem ficamos em bons hotéis. Tentamos sempre casar o bom com o barato, mas dependendo do lugar o barato não era muito bom ou ficava longe, e pesava o custo benefício. Já em Las Vegas o Welby falou: os hotéis são uma das atracões de Las Vegas então temos que ficar em um que seja estilo Las Vegas. Pesquisei (eu fui a responsável pela logística da viajem) e ficamos no Mandalay Bay. Gente é enorme. Tem tudo! Cassino, uns 12 restaurantes, shopping, centro de convenções, teatro, casa de shows, praia, spa,… aquário de tubarões,… deve ter mais coisa que eu nem vi. Há, tem uma coisa muito interessante: a maior adega vertical do mundo. É uma torre de 13 metros, de vidro e fica no meio de um restaurante. Para pegar o vinho, a garçonete é içada por um cabo de aço no melhor estilo ‘Missão Impossível” (filme). Gente, acho que isso só em Las Vegas acontece! O hotel fica na rua principal junto com os outros grandes hotéis/cassinos, mas ele ainda tem um trem para se locomover até um determinado lugar da rua sem precisar andar ou pegar carro. Na noite que chegamos, comemos em um dos restaurantes do hotel e demos uma olhada no cassino. Como nunca havíamos ido a um cassino, e estávamos com a Mariana, ficamos tímidos e subimos logo. A Mariana pode anda com a gente pelo cassino e olhar, mas a gente não pode jogar com ela junto. No dia seguinte pela manhã o Welby tinha agendado participar de uma corrida de carros, a Exotic car driving experience e fomos lá. Foi em uma pista de corrida e ele podia escolher entre vários tipos de carros. Ele escolheu um Lamborghini, como ele diz, uma super maquina. Tinham várias pessoas participando e antes eles tiveram um treinamento teórico, depois deram umas voltas na pista com um carro comum (Porsche Cayenne – comum?!) para conhecer a pista e pegaram seus carros. Ele adorou (olha o perigo!)! Saímos de lá fomos andar pela Las Vegas Boulevard. Nessa rua concentram os mais famosos hotéis/cassinos, lojas e restaurantes. Resumindo onde tudo acontece. Comemos passeamos e entramos em alguns hotéis. A noite fomos assistir a um dos sete espetáculos do Cirque du Soleil que tem em Las Vegas, talvez o mais famoso o “O”. Para começar o show fica em um teatro no hotel Bellagio. Só o hotel em si já é lindo! O show é maravilhoso. De todos os espetáculos do Cirque du Soleil que já assistimos, sem duvida este foi o que mais me encantou. A Mariana nem piscava. Ficou quietinha o show todo. No outro dia curtimos um pouco do nosso hotel e fomos passear de novo pela Las Vegas Boulevard. A noite jantamos em um dos restaurantes do hotel o Stripsteak (delicioso!) e depois eu resolvi parar numa máquina de caça níquel para brincar um pouquinho. Não joguei muito dinheiro e quando estava com lucro de US$20 resolvi parar. O Welby tinha subido para o quarto com a Mariana. Quando eu subi ele desceu para brincar também. Demorou mais que eu e subiu com um lucro de US$120. No final das contas pagamos o jantar. Estava preocupada em ir para Las Vegas com a Mariana porque achava que não era uma cidade para criança, mas tem coisa para criança sim e ela adorou. No dia seguinte pegamos o caminho de volta para voltar para casa, mas esse é um outro post que ainda vou ter publicar porque a viajem de volta foi longa e emocionante.LV_1LV_2LV_3LV_4

Beijo, Macela

 
2 Comentários

Publicado por em 02/02/2013 em Sem categoria

 

Tags: ,

San Diego

Saímos de Anaheim na segunda (21) de manhã com destino a San Diego. Mas, mais uma vez optamos por pegar a Hwy-1 pela costa. Pegamos uma estrada em direção ao litoral e saímos em Seal Beach. De lá fomos descendo pela Hwy-1 até San Diego. Ficamos encantados com as praias e as cidades que passamos. Tudo lindo: Laguna Beach, Dana Point, Oceanside, Encinitas… não lembro o nome de todas. Se soubéssemos tinha reservado pelo menos um dia em algum hotel da região, mas fica a dica. Chegamos em San Diego em tempo de ver o por do sol. O hotel ficava em Pacfic Beach, uma praia linda, com ciclovia e lógico um pier (quase todas as praias que passamos tem um pier). Fomos jantar na Enoteca Adriano, mais um vez vinho bom e a massa estava deliciosa. No dia seguinte, acordamos e fomos para o SeaWorld. Foi um dia muito divertido. As apresentações são fantásticas e a Mariana ficou alucinada com os animais. Ela e o Welby alimentaram os golfinhos e as arraias. Saímos de lá e fomos conhecer um pouco da cidade de San Diego. No Outro dia, antes de pegarmos a estrada fomos conhecer um porta aviões americano que fica aberto para visitação. Tem vários aviões e helicópteros que são usados nesse tipo de navio expostos, e até um simulador de vôo que o Welby experimentou. Saímos de lá e pegamos a estrada porque tínhamos um longo caminho até Las Vegas!San Diego 1San Diego 2San Diego 3San Diego 4San Diego 5San Diego 6San Diego 7San Diego 8San Diego 9San Diego 10San Diego 11San Diego 13

(Já chegamos em Vancouver, mas como estou atrasada tenho mais dois posts da viajem)

Beijo, Macela

 
1 comentário

Publicado por em 31/01/2013 em Sem categoria

 

Tags: ,

Disneyland

Chegamos em Anaheim na sexta (18) a noite, e a Mariana já estava dormindo depois de um dia de praia. Do hotel eu e o Welby vimos os fogos do parque da Disney e já imaginamos como seria o dia seguinte. No dia seguinte a Mariana já acordou animada abrindo as cortinas e falando: ‘mamy’ e ‘dady’ está ‘sunny’, vamos para a Disney! Sabíamos que ia ser um dia com muitas emoções. Ela já saiu vestida de Mérida (Valente/Brave) e carregando seu urso ‘brother’. Fomos no Disneyland Park onde tem a cidade do Mickey e o castelo das princesas. A primeira personagem que ela viu foi a princesa Mérida. Ela junto com seu caderno de autógrafos na mão e uma felicidade que não cabia naquela pessoa tão pequena. Eu me emocionei de podermos estar dando esta alegria para nossa princesa. A partir dai foi mais emoção…. Mickey, Minie, Pluto,… e várias princesas. Ficou louca com a parada. Dava ‘tchau’ e gritava o nome de todas as personagens. Tentávamos intercalar as fotos com os brinquedos. A Disney superou nossas expectativas  Cada brinquedo era muito melhor do imaginávamos e tudo é maravilhoso. Realmente um sonho. Nossa guerreira aguentou até o parque fechar (23h) sem reclamar e querendo participar de tudo. Chegou no hotel e apagou!DisneyDisney_2Disney_3Disney_4Disney_1a

No outro dia, a Mariana foi novamente a primeira a acordar e abriu as cortinas…. Vestiu o vestido da Rapunzel e fomos para o Disneyland Adventure Park. Nesse não tem as casas dos personagens, mas eles ficam espalhados em várias partes do park. Novamente, ela novamente com seu caderninho pirou com os personagens e nós (eu e o Welby) encantados com tudo. Esse parque como o nome diz tem mais aventuras, até para as crianças e ela topava tudo e novamente saímos de lá quando o parque fechou. Só que dessa vez ela cansou 10 minutos antes do parque fechar. Deitou no meu colo e dormiu. Foram dois dias maravilhosos!

Disney_6Disney_7Disney_8Disney_12Disney_9Disney_9b

Beijo, Macela

 
2 Comentários

Publicado por em 27/01/2013 em Sem categoria

 

Tags: ,

Los Angeles

Gente estou com um ‘delay’ de quase duas semanas….. Estamos aproveitando todos os minutos da viajem e chego cansada, mas vamos lá…. Chegamos em Los Angeles na terça (15) a noite, mas já ficamos impressionados com a quantidade de viadutos e carros. Só vendo para ter noção! Sem um GPS não tem como andar na cidade. É loucura! E o transito fluiu muito bem. Chegamos no hotel, saímos para comer e descansar porque Los Angeles nos esperava no dia seguinte. Acordamos e fomos bater perna. Na Hollywood Boulevard, começamos andando pela calçada da fama. A Mariana adorou essa história da calçada ser cheia de estrelas! Em uma parte, passamos por lojas, cinemas e teatros antigo, e a maioria funcionando. Em outra com as mesmas coisas, mas revitalizada parecendo novo e tudo para turista. Durante o caminho passaram vários carros de polícia e bombeiro, e um helicóptero estava sobrevoando a região. Continuamos andando, até que passamos por uma rua em que dava para ver os carros da polícia. A rua estava fechada e tinha uma concentração de pessoas. Lógico, que fomos ver o que estava acontecendo…. Um maluco estava em cima de um prédio ameaçando se jogar e carregava uma mochila preta nas costas. Além da polícia querer salvar a vida dele eles estavam preocupados se ele estava carregando uma bomba. Tiramos umas fotos e continuamos nossa caminhada. Não sabemos o final dessa história, depois o Welby até procurou na internet, mas não encontrou nada. Saímos da Hollywood Boulevard e fomos conhecer o Griffith Observatory. Ele é um observatório astronômico muito bonito e interessante, mas acho que o local atrai muitos turistas porque tem uma visão maravilhosa da cidade e do letreiro de Hollywood. Saímos de lá e fomos procurar o The Original Farmer’s Market. Um mercado com vários quiosques com comidas diferentes, até um ‘self service’ de comida brasileira tem, e frutas e temperos para vender. Além disso ele fica junto ao The Grove. Um shopping a céu aberto que é lindo. É uma delícia andar pelos dois. Dia terminado e produtivo. Hora de voltar para o hotel porque dia seguinte tinha mais.LA_1LA_a9LA_2LA_3

Tínhamos planejado, já que estamos em Los Angeles, conhecer algum estudio de cinema ou TV. Tentamos, mas o da ´’Paramount e o da ‘Warner’ não deixam criança abaixo de 8 anos entrar. Então, pegamos outro rumo e fomos conhecer um pouco de Beverly Hills. Fomos na Rodeo Drive e rodamos um pouco de carro para ver a famosas mansões. A Rodeo Drive ‘lembra’ a Oscar Freire (SP). O Welby não estava querendo muito fazer esse passeio, mas não tem como ir a Los Angeles e não conhecer Beverly Hills! De lá, fomos ao The Getty. Para começar, é um lindo, exuberante e emocionante! É um lugar onde tem um museu com algumas exposições, um centro cultural, biblioteca,… e restaurante. Tem um jardim maravilhoso e, apesar de ser tudo grande e moderno, o lugar passa paz e tranquilidade. Ele fica em cima de uma colina e a vista da cidade também é linda. Depois, fechamos o dia/noite com o jogo do ‘Los Angeles Lakers’. Além do jogo ter sido emocionante, apesar do ‘Lakers’ perder, tudo foi um espetáculo. Um jogo de basquete parece um show!LA_4LA_museuLA_5LA_6LA_7

Nosso último dia em Los Angeles e pegamos o caminho da praia. Fomos conhecer Malibu e Santa Mônica. A Mariana adorou quando chegamos na praia de Malibu. Pegou o baldinho e foi fazer castelos na areia. O sol estava gostoso, mas a água muuuuito gelada. Lógico que o Welby entrou e a Mariana molhou as perninhas. O Welby pegou a bicicleta e foi pedalando até Santa Mônica. Eu e a Mariana ficamos mais um pouquinho na praia e fomos encontrar com ele. A Praia de Santa Monica estava mais cheia, mas na água só surfista. Fomos ao famoso pier de Santa Mônica e a Mariana e o Welby andaram na roda gigante e na montanha russa. Foi a primeira vez dela nesses brinquedos. A roda gigante ela adorou e falou que queria ir de novo. Já a montanha russa, ela disse que também gostou, mas não queria ir de novo. Assistimos ao por do sol do pier. E aproveitamos que no pier tem um Bubba Gump Shrimp Co e jantamos por lá. Saímos de lá e pegamos a estrada para Anaheim, porque a tão esperada Disneyland nos esperava no dia seguinte.LA_beach1LA_beach2LA_beach3LA_beach4LA_beach5

Beijo, Macela

 
5 Comentários

Publicado por em 26/01/2013 em Sem categoria

 

Tags: ,